23/03/2022 às 15h32min - Atualizada em 23/03/2022 às 15h25min

Esteatose Hepática ou gordura no fígado

Quais as causas e como prevenir.

Monica Sarnaglia

Monica Sarnaglia

Nutrição

Monica Sarnaglia
O consumo de alimentos industrializados e uma dieta rica em frituras, excesso de sal, açúcar diariamente podem trazer prejuízos para o organismo, incluindo as enzimas hepáticas.
Gordura no fígado ou esteatose hepática caracteriza-se pelo acúmulo excessivo de gordura (lipidios) nas células do fígado denominadas hepatócitos, causada pela má alimentação sendo a Doença Hepática Gordurosa Não Alcoólica (DHGNA) ou por uso de álcool. Caso não for controlada poderá evoluir para esteatoepatite. Nessa fase a esteatose se associa a inflamação e morte celular, fibrose (cicatrização) e tem maior potencial de progressão, ao longo dos anos, para cirrose e para o carcinoma hepatocelular (CHC) ou câncer de fígado
Fatores de risco para DHGNA obesidade e sobrepeso com obesidade central (maior concentração de gordura abdominal), Diabetes, Dislipidemia (aumento do colesterol e/ou triglicérides), hipertensão arterial;
Para evitar a DHGNA é preciso manter uma alimentação saudável e atividade física regular, mantendo sempre as taxas de glicemia e colesterol em níveis adequados.
Inserir gorduras boas como castanhas, coco, abacate e azeites podem auxiliar na absorção de nutrientes essenciais para o bom funcionamento de enzimas hepáticas.
Procure consumir carboidratos complexos, ou seja, aqueles que são fonte de fibras como legumes, tubérculos e alimentos integrais, evite farinhas refinadas.
 
Link
Leia Também »
Atendimento Rio Doce em Pauta
Portal Rio Doce em Pauta
Vídeos curiosos, veículos roubados, acidentes que afetam o trânsito, animais desaparecidos, pedidos de ajuda. Entre em contato com o Portal Rio Doce em Pauta e iremos divulgar e ajudar 😃