09/07/2021 às 15h17min - Atualizada em 09/07/2021 às 15h17min

Edificação de uso misto

Edificação de uso misto em Biaxo Guandu

Rodrigo Mozer Vilaça
Um edifício de uso misto tem o objetivo de combinar três ou mais usos em uma estrutura, como residência, hotel, comércio, estacionamento, transporte, cultura e entretenimento. Independentemente da combinação, ele reúne diversos usos dentro de um prédio ou uma área pequena. As duas formas mais comuns de design de uso misto são:

Vertical. Como um edifício único e de vários andares, a mistura mais comum coloca apartamentos nos andares superiores e lojas ou escritórios no térreo. O subsolo oferece estacionamento e/ou transporte público subterrâneo.

Horizontal. Espalhados em diversos prédios, como um quarteirão ou ao redor de um espaço aberto ou pátio, cada edifício tem uma ou duas finalidades específicas, criando um microcosmo dentro de uma vizinhança.

Com o aumento da população urbana, a pressão para que os edifícios “façam” mais com menos só aumenta. Porém, um design bem elaborado para um desenvolvimento de uso misto envolve mais do que somente amontoar o máximo de coisas possíveis em um prédio. É necessário considerar as necessidades dos futuros ocupantes, assim como seu impacto nos arredores e pensar em como a vizinhança geral poderá usufruir disso.

Quando um edifício ou desenvolvimento de uso misto adapta-se facilmente ao seu contexto, o efeito total é maior do que a soma das partes. Alguns benefícios incluem:
  • Maior variedade de moradia e densidade;
  • Melhor eficiência energética e sustentabilidade;
  • Sentimento de vizinhança mais forte;
  • Melhor integração com os serviços urbanos, como transporte público;
  • Mais flexibilidade para adaptar-se a mudanças de necessidades, aumentando, assim, o ciclo de vida de longo prazo do edifício.
O planejamento de uso misto pode transformar um distrito comercial que fecha à noite em uma área vibrante durante todo o dia. É possível reunir pessoas que normalmente não se encontrariam, ter menos carros nas ruas e até mesmo oferecer um oásis (muito necessário) de natureza.

Edifícios de uso misto não são, de forma alguma, um conceito novo. Tradicionalmente, os seres humanos se estabeleceram em padrões de uso misto, agrupando todos os recursos em uma área central. Exemplos históricos podem ser encontrados em antigas praças comerciais da Roma antiga, onde lojas, apartamentos, escritórios administrativos e, frequentemente, uma biblioteca eram misturados.

Projeto modelo:
Este projeto, em Baixo Guandu, teve em sua concepção o objetivo de abranger uma edificação de uso misto com parte residencial e parte comercial, sendo um projeto para um ponto comercial no térreo e área residencial nos demais pavimentos. Além das dificuldades para adequar duas finalidades em um prédio foi necessário  adequar uma estrutura já existente aos objetivos do cliente, por este motivo foi necessário uma avliação estrutural e reforços estruturais de forma à atender as cargas propostas.

Em uma obra com mais de 853,00m² é importate a gestão da obra para garantir o acompanhamento durante toda a execução do projeto com fidelidade e segurança, tendo o projeto executado em conoformidade tanto na parte estruturalomo arquitetnica e acabamentos.
Link
Relacionadas »