13/10/2021 às 17h32min - Atualizada em 14/10/2021 às 00h00min

Manifestação do movimento #euqueroaHeinekenaqui é suspensa

Os integrantes da iniciativa popular decidiram aguardar uma visita técnica do ICMBio ao terreno da cervejaria Heineken

SALA DA NOTÍCIA Grupo Balo

 

O movimento #euqueroaHeinekenaqui comunica que a manifestação popular marcada para o dia 14 de outubro, quinta-feira, em Lagoa Santa, foi suspensa. O motivo é uma visita técnica que os técnicos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) farão no terreno da cervejaria Heineken. Como o objetivo da iniciativa é fomentar o diálogo, os organizadores decidiram aguardar um posicionamento do órgão federal para então definirem as próximas ações.

O movimento #euqueroaHeinekenaqui teve início graças ao sentimento de frustação da população após o embargo das obras de construção da fábrica da Heineken, em Pedro Leopoldo, cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Organizada por lideranças de diversos segmentos da sociedade civil, a iniciativa não possui intenção política ou partidária e nenhum vínculo institucional com a cervejaria.

O embargo das obras de construção da unidade de produção da cervejaria Heineken foi realizado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) – órgão federal vinculado ao Ministério do Meio Ambiente. De acordo com os participantes, o intuito é elucidar informações e promover o diálogo amplo acerca dos impactos negativos que o cancelamento da instalação do empreendimento pode causar na região.

No dia 07 de outubro, a Justiça de Minas Gerais autorizou que Heineken retome a construção da fábrica.  Porém, a cervejaria ainda não continuará com os trabalhos no terreno até que ocorra todos os alinhamentos necessários para a definitiva retomada.

Em comunicado publicado nos perfis criados para o movimento #euqueroaHeinekenaqui, os organizadores destacam a preocupação com as potenciais perdas socioeconômicas para a região caso a fábrica não seja instalada, e até mesmo com os problemas causados pela paralisação. E para mostrar o que de fato está acontecendo, o movimento articula ações pelas redes sociais para manter a sociedade informada acerca dos processos e é uma forma de mostrar que a população está a favor da vinda do empreendimento, que pode atrair benefícios para o Vetor Norte e o estado de Minas Gerais.

Nos perfis oficiais, o movimento #euqueroaHeinekenaqui esclarece que não há nenhuma intenção de julgar as ações do ICMBIO ou minimizar a importância dos assuntos relacionados ao meio ambiente.  As postagens visam, ajudar e pedir aos órgãos responsáveis celeridade e máxima coerência nos julgamentos, além de esclarecimentos do que precisa ser atendido por parte da empresa para que as obras sejam restabelecidas dentro de um equilíbrio socioeconômico e ambiental.

Acompanhe o movimento #euqueroaHeinekenaqui

Neste link é possível ter acesso aos perfis nas redes sociais, grupo no Telegram e informações importantes que podem ajudar a esclarecer o assunto: https://linktr.ee/euqueroaHeinekenaqui. O movimento conta com vários interlocutores que estão à disposição da sociedade e da imprensa para ajudar a resolver a situação da melhor forma possível.

 

 


Link
Notícias Relacionadas »